29 ago

Clima romântico em uma das mais belas paisagens do Swiss Park Campinas

Clima romântico em uma das mais belas paisagens do Swiss Park Campinas

Conheça o Moinho de Vento

O Swiss Park tem alguns ícones. Nem as pessoas que moram no complexo se cansam de observar locais que de tão belos e de tão cheios de histórias já estão incorporados na paisagem do empreendimento. Tem muita gente nova chegando à família Swiss Park! E nem todo mundo conhece detalhes dos nossos cartões-postais.

Então, para começar, vamos contar um pouco sobre o Moinho. Sim, aquele espaço com ares medievais e um clima romântico que inspira muita gente em suas fotografias. A bela ponte e o antigo moinho de vento encantam pelo visual. Sabemos que a sua construção não é tão antiga quanto a do Casarão (que, estima-se, tem 200 anos), onde está localizada a sede da Swiss Park Incorporadora, loteadora do Swiss Park. Trata-se de uma obra mais recente. Ele é uma herança do período colonial, que já era parte do território muito antes de se tornar a Fazenda Bradesco, que deu lugar ao Swiss Park.

E mais recente ainda, em 2013, o Moinho foi restaurado e recebeu novas engrenagens e acabamentos externos. A antiga construção de 10 metros de altura teve seu eixo girado para que ficasse de frente para a rotatória, dando as boas-vindas a quem passeia pelo Swiss Park. O Moinho é, certamente, um dos moradores mais antigos da região.

24 jan

Relógio: Novo paisagismo e nova mecânica

Relógio: Novo paisagismo e nova mecânica

Relógio, cartão-postal do Swiss Park, passa por manutenção

Considerado o cartão-postal do Swiss Park Campinas desde 2009 (por meio de votação feita entre os moradores), o Relógio se destaca logo na entrada do complexo urbanístico e pode ser bastante notado por quem trafega pela Rodovia Anhanguera, nos seus dois sentidos. No mês de outubro/2016, a Associação Master realizou a revitalização paisagística da praça e do Relógio.

paisagismo_relogio_swisspark

Juntamente com a equipe de manutenção da Master, a empresa Terracota foi a responsável pelos trabalhos paisagísticos, que foram concluídos no fim do mês de novembro. “Foi realizada a preparação do solo e foram plantadas mais de cinco mil mudas da flor SunPatiens – vermelhas, cor-de-rosa claro, pinks, laranjas e brancas –, em uma área de 958 metros quadrados. Faremos manutenções constantemente, com orientações da empresa, para manter o paisagismo da praça como está”, aponta José Santos, coordenador de manutenção da Associação Master.

Os trabalhos de manutenção da parte mecânica do Relógio – engrenagem, motores, ponteiros e relógio-mestre – foram executados pela Dimep, entre junho e outubro. Segundo Wilson Lemes de Oliveira, gerente técnico da empresa, todos os equipamentos foram retirados e levados para a sede, em São Paulo, para que fossem recuperados. “Foram substituídos vários itens, já que estavam desgastados por conta do tempo e da grande incidência de raios. Recuperamos os mecanismos e realizamos um novo projeto, sugerido pela Master, com adaptações no eixo interno, para facilitar o trabalho de futuras manutenções, não sendo mais necessário retirar os equipamentos externos à torre, como os ponteiros”, afirma.

 

O Relógio

Com 30 metros de altura, uma base de 25 metros quadrados e inaugurado em abril de 2007, o Relógio apresenta modernidade, imponência e beleza, dignos da arquitetura suíça. A AGV Campinas Empreendimentos, loteadora do Swiss Park, ao inspirar-se para construir o complexo urbanístico seguindo a aparência geográfica de cidades da Suíça, fez questão de colocar em prática o projeto do Relógio logo no portal de entrada, afinal trata-se de uma peça considerada de grande importância naquele país. Com fundo em pastilha cerâmica branca, é sustentado por uma torre construída em bloco de concreto estrutural decorativo e coberto com uma cúpula de cobre e cristal. É interessante lembrar os números romanos expressos no Relógio e alvo de curiosidade: I, III, III e IIII (e não IV, como é mais tradicionalmente mostrado o número 4).

07 nov

Ação Social, doe brinquedos!

Ação Social, doe brinquedos!

Este será o sexto ano consecutivo que a Revista Swiss Park arrecada brinquedos para as crianças do bairro Nossa Sra. Aparecida; esperamos a sua doação!

Vamos começar novamente? Já demos início à ação social de Natal promovida pela Revista Swiss Park para oferecer um fim de ano feliz, divertido e com brinquedos para as crianças do bairro Nossa Senhora Aparecida, que fica próximo do Aeroporto de Viracopos. Nosso projeto existe desde 2011, quando realizamos a campanha pela primeira vez e conseguimos grande apoio da Família Swiss Park. Assim tem sido desde então: nós recebemos brinquedos novos e usados (que não estejam quebrados) no Casarão do Swiss Park. Depois, agendamos uma data para a entrega lá no bairro, quando a AGV Campinas Empreendimentos (loteadora do Swiss Park) proporciona para as crianças uma manhã com brincadeiras, sorvetes, pipoca, lanchinhos e refrigerantes. Uma rede de voluntários é acionada e o Papai-Noel entrega os brinquedos para cada uma das crianças cadastradas. O cadastro é feito pelo Ircamp.

A entrega dos brinquedos será no dia 15 de dezembro. Então, faça sua doação no Casarão do Swiss Park até o dia 9 de dezembro. Lembre-se: brinquedos novos e usados, que não podem estar quebrados. Se você quiser participar e ajudar no dia da entrega, será um prazer para nós. Participe!

O Instituto de Reabilitação de Campinas (Ircamp), entidade sem fins lucrativos, existe desde 1981, desenvolve um trabalho de ajuda à comunidade do bairro e lá mantém uma modesta sede localizada na Rua 10, nº 91, bairro Nossa Senhora Aparecida. O telefone é (19) 3265.1869 e quem fica na sede é a assistente social Andressa Corte de Souza. Eles estão de portas abertas para todos que quiserem fazer uma visita. O bairro tem cerca de 700 famílias que precisam de ajuda. Desde que começamos as campanhas no Swiss Park, entregamos cerca de 500 brinquedos, anualmente.

Arrecadação de brinquedos novos ou usados: no plantão de vendas do Casarão, no Swiss Park Campinas. Diariamente, das 9h às 18h, até o dia 9 de dezembro. Esperamos a sua doação!

 

24 out

1º Encontro Food Truck do Swiss Park

1º Encontro Food Truck do Swiss Park

Superou todas as expectativas!

Cerca de 4 mil pessoas passaram pelo 1º Encontro Food Truck do Swiss Park em Outubro de 2015 e conferiram as delícias sobre rodas espalhadas em uma das áreas mais bonitas do complexo

Superando todas as expectativas, o público que circulou nos dois dias do 1º Encontro Food Truck no Swiss Park chegou na marca das 4 mil pessoas. O evento aconteceu nos dias 24 e 25 de outubro de 2015, e reuniu trucks de várias especialidades gastronômicas, com escolhas para todos os gostos. O local escolhido para dispor as delícias sobre rodas foi a área atrás do Casarão histórico, onde funciona o plantão de vendas do Swiss Park. O clima aberto, sem chuva, surpreendeu os organizadores; afinal, na semana anterior os dias estavam chuvosos. Boa música, apresentações de dança, tecido e lira pela Cia. Circense, espaço para quick massage, espaço kids, com brinquedos e pintura facial fizeram parte do fim de semana.

No primeiro dia, o sábado, eram 12 opções de comidas, com variedades de dar água na boca, entre elas pizzas, carnes, hot dog, wraps, sanduíches diferenciados, churros, picolés gourmet, doces. “Muita gente optou pelo sábado e o número de pessoas foi uma enorme surpresa”, conta Marco Aurélio Folis que – em parceria com a AGV Campinas Empreendimentos, loteadora do Swiss Park – organizou o evento. Rapidamente a equipe se mobilizou para atender o público. “Já no domingo, recebemos mais três opções de trucks, organizamos mais mesas e cadeiras, melhoramos o fluxo do estacionamento, e o público pôde se acomodar com mais conforto”, conta o representante da AGV. Outra opção de yakissoba, comida japonesa e delícias feitas com batatas somaram aos trailers que já tinham servido no dia anterior. “Foi um evento para a família e amigos. Os dois dias estavam lindos e a bela paisagem do Swiss Park proporcionou um final de semana bem bacana, divertido e saboroso”, continua o organizador. Convívio entre os moradores e boa comida eram, desde o início, os objetivos da organização. E muita gente aprovou o evento, que deve ser repetido em breve, sempre com aprimoramentos e melhorando a cada edição.

 
foodtruck_swiss_park

Comida a céu aberto

A moda dos food trucks chegou ao Brasil em 2012, quando os trailers surgiram em São Paulo. Mas não com aquela ideia antiga de comida de rua. O foco começou a ser a comida gourmet, de qualidade. No Swiss Park, o clima era descontraído e informal, tudo misturado às receitas bacanas disponíveis. Moradores, seus familiares, amigos e gente de várias partes de Campinas prestigiaram o evento.

 

24 out

Prêmio Master Imobiliário

Prêmio Master Imobiliário

Swiss Park é Bicampeão

A Swiss Park Incorporadora recebeu pela segunda vez o Prêmio Master Imobiliário, o maior do segmento no Brasil. São Bernardo do Campo ganhou em 1998 e em 2014 foi a vez do Swiss Park Campinas

Pela segunda vez o Swiss Park foi laureado com o Prêmio Master Imobiliário. Trata-se do maior, mais respeitado e mais prestigiado prêmio do segmento no Brasil. O primeiro troféu veio em 1998, na quarta edição do prêmio, quando o Swiss Park São Bernardo do Campo foi contemplado na categoria “Profissionais Loteamentos/Condomínios”. E isso sempre foi motivo de muito orgulho da Swiss Park Incorporadora. Então na 20ª edição do Master Imobiliário, a empresa recebeu novamente a boa notícia: o Swiss Park Campinas era o melhor do Brasil na categoria “Empreendimento – Desenvolvimento Urbano”. O júri, composto por representantes e especialistas de sete entidades ligadas direta e indiretamente ao setor imobiliário nacional, apresentou a justificativa: “Implantado em uma área com 5 milhões de m² de uma antiga fazenda, apresenta 17 loteamentos residenciais fechados circundados por lagos, um Parque Botânico e áreas de preservação no total de 1,5 milhão de m². Dotado de infraestrutura completa, destaque também para a preservação de um casarão antigo, para a construção de um complexo de escritórios e para o viaduto que liga o empreendimento à cidade de Campinas”.

A conquista foi comemorada pela diretoria da incorporadora, que viu a premiação pela segunda vez como um dos mais importantes reconhecimentos dos seus 37 anos de história no segmento imobiliário. “Recebemos o prêmio com muita alegria. Acreditamos que o valor do Master Imobiliário traz ainda mais credibilidade à nossa empresa e satisfação para quem acreditou e comprou imóvel nos empreendimentos que incorporamos”, disse o diretor da Swiss Park Incorporadora, Tomaz A. Vitelli. “Em Campinas, agora, esse é um motivo de felicidade, que queremos compartilhar com todos os nossos clientes da cidade, aqueles que sempre chamamos de ‘família Swiss Park’”, completou Ricardo Anversa, também diretor da empresa.

O prêmio: consagração do talento

O Master Imobiliário é conhecido como o “Oscar” do mercado imobiliário brasileiro e consagra o talento e a criatividade dos profissionais e empreendedores que constroem e realizam sonhos. Cada vez mais cobiçado, o prêmio estimula o aprimoramento das atividades do setor. Foi criado em 1994 pela Fiabci/Brasil (Capítulo Brasileiro da Federação Internacional das Profissões Imobiliárias) e pelo Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo), inspirado nos conceitos e critérios do Prix d’Excellence, entregue pela FIABCI Mundial durante seu congresso anual e considerado uma das mais importantes premiações internacionais do setor imobiliário. E os conceitos e critérios do Prêmio Master Imobiliário mantêm sintonia com o Prix d’Excellence, pois abre a possibilidade de reconhecimento internacional, na medida em que os vencedores da categoria “Empreendimento” se qualificam e estão aptos a, posteriormente, concorrer ao Prix d’Excellence, já outorgado em diversas oportunidades a muitos cases brasileiros, inclusive neste ano de 2014.

A cerimônia: palco para empresas merecedoras

Ao completar a marca de duas décadas de existência, a cerimônia de entrega do Prêmio Master Imobiliário foi realizada na noite de 1º de setembro de 2014, na Sala São Paulo, no Complexo Cultural Julio Prestes, um dos espaços culturais mais refinados da capital paulista. A Sala São Paulo é sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do país. O evento foi permeado por um grande espetáculo musical, com apresentações de atores, cantores e bailarinos do cenário artístico atual. A diretoria da Swiss Park Incorporadora participou dos momentos da festa e, para receber o prêmio, subiu ao palco o diretor da empresa, Tomaz Vitelli. “Estamos felizes e conscientes de que nosso trabalho faz parte de um grupo seleto de empresas do segmento imobiliário com potencial para construir um mundo melhor”, resumiu. Neste ano, foram 19 trabalhos contemplados e um hors-concours.

Composição do júri

ABAP

Associação Brasileira de Agências de Publicidade 

ABECIP

Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança 

AsBEA

Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura 

FAAP

Fundação Armando Alvares Penteado 

IAB-SP

Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento de São Paulo 

Instituto de Engenharia 

SindusCon – SP

Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

24 out

Meia Maratona de Campinas foi sucesso no Swiss Park

Meia Maratona de Campinas foi sucesso no Swiss Park

Participantes aprovaram a realização do evento dentro do complexo urbanístico em meio à natureza

Foi um sucesso a 12ª Meia Maratona de Campinas que aconteceu no dia 19 de julho de 2009 no Swiss Park. Cerca de 1.500 pessoas estiveram presentes no evento que movimentou o complexo urbanístico.

Em meio à natureza, os atletas percorreram praticamente todas as avenidas que contornam os 17 loteamentos fechados do Swiss Park.  A prova foi realizada em duas modalidades: os 21,1 quilômetros tradicionais de uma meia maratona e uma caminhada de cinco quilômetros e o contou com o apoio de equipes de trânsito, segurança e socorro.

meia_maratona

Na disputa masculina, o atleta Silvano Lima Pinto, de Elias Fausto, terminou a prova em 1h12’26’’ e levou o primeiro lugar. De acordo com o esportista, a estrutura montada próximo a natureza foi um fator muito positivo para ele vencer a prova. “Correr com essa vista linda e com esse ar fresco é um privilégio muito grande. Apesar das subidas serem extensas completei a prova no tempo que havia previsto”, contou o atleta, ainda ofegante.

 

 

 

meia_maratona_swiss_park

Já na categoria feminina, o destaque foi para a atleta Ana Proença que realizou a sua primeira meia maratona e conquistou o primeiro lugar. Foram exatamente 1h38’08’’ para colocar a portuguesa, moradora de Campinas, no pódio. “Era para ser apenas um treino para a meia maratona do Rio de Janeiro, mas acabei vencendo. Estou muito realizada”, diz Ana, que dedicou a vitória a sua filha que completou oito anos no mesmo dia.

 

 

 

A prova também contou com a participação de moradores e proprietários de terrenos do Swiss Park, entre eles o casal Eloisa e Luiz Carlos Mori, do residencial Baden. “Concluímos os cinco quilômetros de caminhada em 39,5 minutos. Aprovadíssima a escolha do Swiss Park para a realização do evento”, elogiou Eloisa.

Em todas as últimas edições, a corrida foi realizada na Estrada das Cabras, no distrito de Joaquim Egídio. Com o aumento da demanda de atletas no evento, a organização resolveu buscar um lugar maior. “Realizar a prova dentro do Swiss Park foi uma decisão excelente. As avenidas largas com asfalto impecável, a limpeza das vias e a segurança do complexo urbanístico contribuíram muito para o sucesso do evento. Tivemos um aumento de inscrições, principalmente na caminhada, de 20% em relação ao ano passado”, diz Paulo Zimmermann, diretor comercial da TVB – emissora de televisão afiliada do SBT Campinas e Baixada Santista, responsável pela realização do evento em parceria com a CUCA (Corredores Unidos de Campinas), que realiza provas e participa de competições sempre com um número bastante expressivo e atletas.

A organização e a estrutura do evento realizado pela empresa especializada em eventos esportivos, Walker Track, foram muito elogiadas pelos participantes. A cada três quilômetros havia postos de hidratação e na chegada muitas frutas foram distribuídas aos participantes. Cerca de 26 mil copos de água e três mil isotônicos foram disponibilizados para os atletas. “A organização está de parabéns. Me senti amparada o percurso todo”, diz Ana Proença, vencedora da categoria feminina.

Meia Maratona e Swiss Park a favor do meio ambiente

Para incentivar o equilíbrio do meio ambiente o Swiss Park doou aos participantes inscritos na Meia Maratona mudas de árvores que foram plantadas no Parque Botânico, localizado dentro do complexo urbanístico.

O casal Eduardo e Fabiane Ferigato, futuros moradores do Luzern, levaram a filha Juliana para participar desse gesto tão importante. “Quanto plantávamos fomos explicando para a nossa filha a importância ecológica desse ato tão simples”, apontou Fabiane.

A atleta Adalto Paes de Andrade também foi fazer a sua parte, após completar o percurso da Meia Maratona, fez o plantio da sua muda. “É um privilégio fazer esse plantio em um lugar tão bonito como o Swiss Park”, disse.