29 ago

Residencial Glarus: uma bela vista

Residencial Glarus: uma bela vista

Morar no Swiss Park Campinas é acordar, abrir a janela e apreciar a natureza todos os dias

No Swiss Park, cidades suíças emprestam seus nomes aos residenciais. No projeto do complexo, a ideia era unir a beleza natural brasileira aos conceitos de desenvolvimento e padrão elevado de vida que são realidade na Europa, mais especificamente na Suíça. A cidade de Glarus, na Suíça, é um cantão (estado soberano, com fronteiras próprias), situado no centro do país. Um lugar com uma paisagem incrível. Já o nosso Glarus está localizado no ponto mais alto do Swiss Park e possui vista privilegiada para o Parque Botânico e para os lagos. É abrir a janela e ter um visual encantador.

Pouco a pouco, as obras residenciais vão dando forma ao Glarus do Swiss Park, que no futuro irá abrigar ao todo 386 famílias e 15 instalações comerciais. Atualmente, oito obras estão em andamento sendo uma delas na fase final. Há mais de 10 projetos aprovados e aptos para iniciar a construção, segundo o Departamento de Projetos e Fiscalização de Obras da Associação Master, responsável pela gestão do complexo.

Marileide Helena Leite de Souza teve o projeto da casa dos seus sonhos aprovado recentemente e planeja morar no local com seu marido Ronaldo e seus filhos Guillherme, Barbara e Gabriele, em – no máximo – dois anos. “Compramos o nosso terreno logo que o Glarus foi lançado. Tivemos o privilégio de escolher um lote que acreditamos ser muito especial para abrigar nossa casa de 315 metros quadrados de construção minuciosamente planejados para nossa família. O Swiss Park tem uma área de lazer e para a prática de esportes incrível”, afirma a futura moradora.

Outra família que em breve vai acordar e abrir a janela para apreciar a natureza é a da Sueli das Graças do Nascimento Silva. A construção da casa está a todo vapor e as obras são acompanhadas de perto pelo marido Rafael. “Moramos próximo do Swiss Park e tínhamos um sonho de morar no complexo. Há um ano resolvemos parar no plantão de vendas para saber dos preços e para nossa surpresa vimos que nosso sonho poderia se tornar realidade. Todos os domingos meu marido vem observar como está a nossa casa. Somos apaixonados pelo local. É a realização do nosso sonho de consumo”, conta Sueli, entusiasmada e ansiosa por ver o projeto pronto.

Sueli tem todos os motivos para o entusiasmo. Afinal, o Swiss Park nasceu há 11 anos e deu a Campinas uma identidade de bairro planejado para a região sul. Morar em um local com uma estrutura completa: área verde, segurança, conveniência e em uma excelente localização é um privilégio. A valorização que os terrenos dentro do complexo tiveram neste período, bem como a suntuosidade das residências construídas, a preservação da natureza e o crescimento de toda a área que circunda o complexo continuam surpreendendo o mercado imobiliário.

“Nos últimos 12 meses provavelmente nenhum outro lugar da cidade movimentou tantas operações imobiliárias como o Swiss Park. Fruto de um trabalho benfeito no passado. Não é toda hora que temos a oportunidade de morar e viver em uma região planejada que pensa no conjunto todo”, explica Sérgio Gerin, da Criar Soluções Imobiliárias, responsável pelas vendas do Swiss Park.

Comercialização continua

Atualmente os 16 residenciais já comercializados (falta apenas o lançamento do Bern, o último loteamento do Swiss Park) abrigam cerca de seis mil moradores e, somados às cerca de 1.700 pessoas que trabalham no Swiss Park Office, condomínio de escritórios localizado dentro do complexo e lançado para vendas em 2008, formam uma população de 7.700 pessoas que convivem diariamente com a natureza e todas as qualidades únicas disponíveis no empreendimento.

O Glarus continua sua comercialização. Seus lotes possuem metragens que vão de 360 (terreno-padrão do Swiss Park) até 790 metros quadrados, e os aclives e declives dos terrenos certamente serão pontos positivos para projetos arquitetônicos arrojados e inovadores. Uma boa oportunidade para quem busca uma bela paisagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *