13 abr

Evite os 5 problemas mais comuns na construção civil

Evite os 5 problemas mais comuns na construção civil

Provavelmente você já ouviu dizer que construir uma casa é só dor de cabeça, certo? Alguns problemas na construção civil mais comuns são responsáveis pela má fama das obras, entretanto, com um bom planejamento e acompanhamento periódico é possível driblar as dificuldades e até curtir o processo.

5 problemas na construção civil mais frequentes:

A construção civil alcança toda e qualquer atividade relacionada à produção de obras, seja a sua casa ou um condomínio, por exemplo. Podemos incluir nesta abrangente categoria o planejamento, execução, manutenção e restauração das obras. Alguns problemas corriqueiros podem colocar a sua obra (e investimento) em risco, como: 

– Falta de planejamento
Sabe aquela velha ideia de ir construindo o imóvel ‘como dá’, com a expectativa de depois expandir ou finalizar os cômodos? Sem projeto ou planejamento, é comum ver obras que levam anos para serem finalizadas, sem nem uma orientação do resultado final. 

Na prática, quanto mais tempo leva a sua construção, mais cara ela se torna, com o desperdício de materiais e o não aproveitamento da mão-de-obra contratada. Um dos principais problemas na construção civil é ignorar justamente essa importante etapa, com a planilha de gastos (previstos e não previstos) indicados para cada estágio da construção do projeto. Conte com o auxílio de profissionais para realizar esse estudo inicial. 

– Mão de obra sem qualificação
Excesso ou falta de trabalhadores qualificados no canteiro de obras é um dos problemas na construção civil mais frequentes. Com um bom planejamento e cronograma de obras, você conseguirá saber quanta mão-de-obra será necessária em cada etapa da obra, evitando que as equipes fiquem paradas ou que falte gente. Na escolha dos profissionais, faça cotação com diferentes fornecedores, peça referência de obras concluídas e, se possível, procure a indicação de outras pessoas que já construíram recentemente.  

– Acompanhar o avanço das obras
Alguns dos principais problemas na construção civil estão relacionados diretamente com a falta de supervisão: acompanhar periodicamente a obra é importante para que os ajustes sejam feitos de forma rápida e sem tantos prejuízos. Por mais que o planejamento e o cronograma estejam bem feitos, as chances de atraso no projeto como um todo são grandes e a visita diária ou semanal te dá possibilidade de ajustar os prazos. Caso não tenha disponibilidade de acompanhar as obras, é possível ter um profissional que realize essa visita periódica para tomar as melhores decisões. 

– Escolha dos materiais exige atenção
Durante a construção é comum se empolgar e ser seduzido com acabamentos e espaços que não estavam no planejamento, o que pode extrapolar o orçamento e dificultar a conclusão da obra. A escolha dos materiais, assim, exige atenção e pode se tornar um dos maiores problemas na construção civil. Nem sempre a opção mais cara será a mais adequada para o seu imóvel, assim como preços milagrosos também podem trazer problemas futuros pela baixa qualidade. O foco, portanto, deve ser a qualidade e a compatibilidade com seu projeto, não apenas o preço. Faça a cotação em diferentes locais e aproveite que há vários vídeos e tutoriais sobre o tema.   

– Atrasos podem acontecer
Canteiros de obras são, na maior parte das vezes, muito dependentes das variações do clima e períodos de chuvas, por exemplo, podem interferir na produtividade. Atrasos na entrega dos materiais também são problemas na construção civil habituais, já que normalmente só se faz o pedido quando os insumos já estão chegando ao fim. Por inúmeros fatores, portanto, a obra pode atrasar e incluir alguns dias de ‘paralisação’ no cronograma é uma forma de evitar danos e não atrapalhar o cumprimento dos prazos.   

Está buscando o lote ideal para construir seu projeto? Aproveite as últimas oportunidades de viver bem também em Campinas, em Brasília e em Manaus com os empreendimentos da Swiss Park. Agende sua visita pelo WhatsApp e venha conhecer. 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *