29 jul

O ambiente de trabalho influencia na produtividade

O ambiente de trabalho influencia na produtividade

Em casa ou no escritório da empresa, o ambiente influencia no rendimento do trabalho e cuidar da decoração e deixar o local mais leve e mais parecido com sua personalidade, é uma das formas de influenciar de forma positiva.  

Grande parte do dia é vivenciada no trabalho, mesmo no home office. Por isso, tornando o ambiente ao redor mais agradável, resultará em melhor rendimento das tarefas. Quando nos incomodamos com o ambiente, não produzimos com interesse, temos constantes distrações. No entanto, ao arrumar e cuidar do local onde trabalha, eleva a disposição, o entusiasmo e a vontade de produzir.

Para isso, preparamos algumas dicas para te auxiliar a personalizar seu ambiente de trabalho, seja na empresa* ou em casa:

 

– Deixe apenas o essencial na mesa

                Se for precisar do seu notebook/computador e um caderno para anotações, deixe apenas esses itens sobre a mesa, para que excessos de coisas não incomodem o rendimento do dia.

– Tenha onde anotar

                Seja em post-its, bloco de notas, caderno, ou em uma folha pra destacar e organizar o que precisa ser feito no dia.

– Decore da maneira que preferir

                Com adesivos, decoupage, com canetas e post-its coloridos… Da forma que achar melhor visualmente, para que se sinta ainda mais confortável onde passa grande parte do dia!

 

 

Caso tenha a possibilidade de home office e não disponha um espaço destinado para trabalhar, é importante encontrar um local que se sinta confortável e seja calmo, sem sons ambientes para interferirem na concentração.

Construir uma casa tem a vantagem de planejar os ambientes, e pensar em um escritório para trabalhar em casa deve ser um importante ponto a levar em consideração. Consulte um arquiteto e pense em um local para essa finalidade!

 

 

 
*No caso da empresa, veja o que é permitido ser feito, conforme as normas internas.
20 jul

Conheça sobre construção sustentável

Conheça sobre construção sustentável

Uma construção é considerada sustentável quando harmoniza, em todo o processo de sua construção e pós-construção, com o meio ambiente. Visando amenizar os impactos à natureza, reduzindo o máximo possível os resíduos e utilizando com eficiência os materiais e bens naturais, como água e energia. Além disso, também são usados materiais recicláveis e de menor impacto ambiental, como madeiras reflorestadas, bambu ou lâmpadas de LED por exemplo.

Esse conceito existe há muitos anos, após a Crise do Pretóleo, que, após um aumento expressivo do preço do petróleo, também foi percebido a escassez dos recursos naturais. O Brasil se encontra no top 5* mundial de países que possuem construções sustentáveis, seguido de China, Canadá, Índia e EUA. Este último é considerado o “berço” da LEED (Leadership in Energy and Environment Design), uma certificação que busca incentivar práticas sustentáveis nas construções.

As construções sustentáveis possuem algumas características principais, entre elas estão, por exemplo:

– Uso de sistemas que possibilitam o uso racional da água e energia elétrica, evitando também o desperdício desses recursos;

– Utilização de madeiras certificadas, de origem legal;

– sistema de aquecimento solar;

– Priorizar e privilegiar a iluminação natural (do sol), que economiza o uso de iluminação artificial (lâmpadas);

– Lâmpadas de LED, ao invés de lâmpadas comuns, por trazerem maior economia de energia elétrica;

– Utilização de materiais de construção recicláveis, sempre que possível, e de processos que evitem, ao máximo, o desperdício desses materiais;

– Implantação de sistema térmico para evitar o uso excessivo de ar-condicionado, como por exemplo o telhado verde, que diminui o calor interno da residência, principalmente no verão.

Se você vai construir sua residência, leve em consideração esses pontos, pensando no bem-estar de sua família e do meio-ambiente. Se você não pretende mudar de casa nos próximos anos e entende a importância de utilizar meios mais sustentáveis, a mudança pode começar aos poucos em alguns hábitos do dia-a-dia.

Tendo a consciência da importância da mudança de atitudes e itens de casa, já é o primeiro passo a ser dado para uma rotina mais sustentável e, até mesmo, saudável.

*dado divulgado em 2018 pela Green Business Certification Inc. (GBCI).