31 maio

Surpreenda com novas ideias para o Dia dos Namorados!

Surpreenda com novas ideias para o Dia dos Namorados!

A data mais romântica do ano merece uma celebração especial! Para os apaixonados de todas as idades, separamos algumas ideias para o Dia dos Namorados para sair da rotina e tornar a celebração ainda mais memorável, sejam namorados, noivos ou casados. Confira! 🥰

Ideias para o Dia dos Namorados fora da rotina:

Diferente de outros países que celebram o dia de São Valentim em 14 de fevereiro, no Brasil o dia dos namorados é celebrado em 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro. Para o comércio e serviços, a data é aguardada pelo fluxo intenso de casais que desejam marcar a celebração. 

A data, entretanto, por ir além da troca dos presentes, com momentos bem especiais:

▪ Refeição especial, com toque de romantismo! 

Ir até um restaurante nesta data é bem tradicional, mas é necessário ter paciência para enfrentar estacionamentos cheios, filas e locais lotados. Entre as ideias para o Dia dos Namorados, uma sugestão é preparar uma receita especial em casal, o que garante que o prato servido seja cheio de sabor e significado. Aproveite o clima mais fresco do outono para abrir um vinho, preparar uma massa ou mesmo um fondue. Mesmo que você não seja experiente na cozinha, pode apostar em sugestões rápidas, como aperitivos e brusquetas, por exemplo.  Comer é um grande prazer e quando preparado com carinho se torna ainda mais especial.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

▪ Pequenas surpresas! 

Apesar de parecer simples, entre as ideias para o Dia dos Namorados, estão pequenas surpresas personalizadas, com o bilhete escrito à mão, mural de fotos do casal, uma caixinha de lembranças… Mesmo que você não seja muito bom com as palavras ou com habilidades manuais, não tem problema, seja bem sincero e demonstre a intenção de sair da rotina.

Reprodução/Pinterest

Que tal preparar uma playlist com músicas que marcaram encontros, shows, festas ou momentos especiais do casal? Pode fazer uma seleção especial no YouTube ou no aplicativo de música preferido, para deixar rolando durante a celebração.

▪ Decoração especial 

Alguns acessórios trazem muito romantismo ao ambiente, sem nem precisar mudar os itens de casa! As velas criam um clima íntimo e aconchegante, especialmente nos dias mais frios. Abuse dos acessórios vermelhos na hora da refeição, apostando nos detalhes charmosos da mesa posta para iniciantes.

Clássico do dia dos namorados, os arranjos florais também podem ser incluídos na decoração e as rosas são imbatíveis quando falamos de romantismo. Pode abusar também dos corações, uma dose de fofura está mais que liberada. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

▪ Piquenique ao ar livre

Para quem gosta de atividades ao ar livre, há ideias para o Dia dos Namorados muito românticas. Uma sugestão é preparar um dia de parque, com lanches para piquenique, caminhadas, corrida de bicicleta… O ideal é aproveitar o contato com a natureza para relaxar e sair da rotina.  

Em Campinas, há dezenas de casais que aproveitam as belas paisagens do Parque Botânico no Swiss Park para passar o tempo livre e registrar lindas fotos em diferentes momentos, como namoro, noivado, casamento e gestação. Outro ponto muito disputado no Dia dos Namorados é o moinho de vento, que parece um cenário saído dos contos de fadas. 

Que tal visitar e conhecer esses pontos? 

Moinho de Vento | Swiss Park

O importante é ter momentos juntos, com o que mais gostam de fazer. Seja praticando esportes, cozinhando, descobrindo locais novos ou recordando bons momentos.

Curtiu? Se aproveitar alguma dessas sugestões, marque @swisspark ou #swisspark nas redes sociais, vamos adorar compartilhar os melhores cliques! 😉 Ajude a compartilhar, acesse 🔽

24 maio

Verde na decoração: Como fazer um terrário?

Verde na decoração: Como fazer um terrário?

Levar um toque verde para dentro dos ambientes se tornou uma tendência cada vez mais valorizada, especialmente após a pandemia quando muitas famílias ficaram mais dentro de casa e já até compartilhamos algumas dicas de jardinagem para iniciantes. Entre as opções para levar plantas para ambientes internos, como salas, cozinha ou escritórios, cada vez mais pessoas buscam como fazer um terrário, com resultados bem personalizados. 

Quais as vantagens de fazer um terrário? 

Terrários são práticos e podem decorar a sala de estar, escritórios, banheiros e até a cozinha, seja qual for o tamanho do ambiente. Ideais para quem sempre acredita que ‘cabe um pouco de verde’ nos espaços. 

Uma das vantagens dos terrários é justamente a praticidade e a personalização, uma vez que você pode escolher diferentes formatos de vidros, entre aquários, potes, taças, copos ou jarras, por exemplo. 

Para regá-lo, é necessário cuidado, já que a estrutura é frágil. Você pode utilizar seringas ou borrifadores para molhar direto a terra, evitando que a água se acumule e tenha contato com o caule e as folhas, já que as espécies são delicadas.

Se o terrário for fechado com tampa, exigirá ainda menos trabalho, já que precisará ser aguado só uma vez, durante a montagem. Com o frasco bem fechado a água evapora e irriga naturalmente as plantas, sucessivamente. Por ser muito prático, pode ser indicado especialmente para escritórios ou para as rotinas mais agitadas, de quem nem sempre está em casa. 

Reprodução/Pinterest

Como montar um terrário personalizado?

Há várias indicações e instruções sobre como fazer um terrário, de maneira geral, é importante montar camadas que sejam bem visíveis. Acomode as pedrinhas no fundo do seu recipiente, coloque a camada de areia e por cima a terra vegetal. Retire as plantas dos vasos originais e plante-as onde desejar dentro da estrutura. 

As plantas mais recomendadas para os terrários são os cactos e as suculentas, mas nada impede que se usem outras espécies indicadas. Atenção, porém, para a mistura de plantas, uma vez que uma delas pode acabar morrendo após um tempo, já que biologicamente a necessidade de água pode ser diferente entre elas. 

Reprodução/Pinterest

Decoração Temática: 

Uma das partes mais legais dos terrários é que a sua tematização pode ser feita do jeitinho que você quiser! Pode trazer dentro dele miniaturas de figuras religiosas, colecionáveis geeks ou a decoração de aquário, como casinhas, castelos etc.

Reprodução/Pinterest

Uma sugestão para a decoração do ambiente também é misturar diferentes tamanhos de terrários no mesmo cantinho, com variados tamanhos ou espécies. Na escolha do local, escolha ambientes que não tenham exposição direta ao sol, para evitar superaquecimento da pequena estufa. 

Reprodução/Pinterest

Gostou das sugestões de como montar o terrário? Ajude a compartilhar, acesse 🔽

11 abr

Como preparar sua decoração de páscoa 2022?

Como preparar sua decoração de páscoa 2022?

Percebeu que nos últimos anos a decoração de Páscoa ganhou novos elementos? Assim como já acontecia com outras datas comemorativas, como o Natal ou o Halloween, na decoração de páscoa 2022 é possível encontrar diferentes opções de louças, arranjos e brincadeiras para levar as comemorações para dentro de casa.

Para quem aguarda a visita do coelho da páscoa, especialmente entre as crianças, separamos algumas sugestões para decorar os ambientes:

Como preparar a decoração de páscoa 2022?

Independente da crença religiosa, o período de páscoa é marcado pelos encontros familiares e entre amigos, muitas vezes, marcado pela troca de chocolates entre os convidados, na representação da prosperidade. Preparar a casa para essa celebração, portanto, não é só uma questão estética, mas pode envolver vários elementos encantadores!

Coelhos à mesa!

Para aquele almoço tradicional de páscoa, a mesa posta com estampas temáticas de coelhos e elementos coloridos trazem muito charme às refeições. É simples: guardanapos de páscoa podem ser colocados sobre ou ao lado dos pratos. Entre os elementos de decoração de páscoa 2022, os coelhos, cenouras e ovos coloridos rendem lindos ornamentos de mesa.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Arranjos Florais!

O período da páscoa coincide com o início da primavera no hemisfério norte, portanto, é normal que entre os elementos de decoração de páscoa 2022 estão os arranjos florais, que representam a renovação da natureza e da esperança. Seja natural ou artificial, os arranjos de mesa e decorações florais são perfeitos para trazer o clima de festa dentro de casa. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Guirlandas

Guirlandas são ótimas opções na decoração de páscoa 2022 para deixar a casa preparada para as festas desde a entrada, para receber os convidados. E o melhor: é fácil trazer elementos de páscoa apenas com flores, cenouras e coelhos.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Pinturas em ovos
Essa é uma das tradições mais antigas da decoração de páscoa 2022: antes dos ovos de chocolates, a celebração envolvia decorar e pintar os ovos de galinhas para trocá-los como presentes. O costume gerou até versões ‘de luxo’ como as preciosas criações de Fabergé, consideradas obras-primas da joalheria, presentes da corte russa no século XIX. 

Especialmente para quem tem crianças em casa, há diferentes tutoriais on-line que ensinam como preparar e pintar os ovos, que podem depois decorar a casa e a mesa das refeições. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

As cores da páscoa costumam combinar amarelo, verde, azul e rosa. Neste ano, entretanto, muitos apontam que a cor da Pantone, um tom roxo chamado de Very Peri, é perfeito para a data, já que evoca uma sensação de tranquilidade e espiritualidade. O tom pode ser trazido em guardanapos, jogos americanos, louças e artesanatos. 

Reprodução/Pinterest

Gostou das sugestões de Páscoa? 🐰 Não se esqueça de marcar @swisspark nas suas publicações, vamos adorar ver as melhores decorações de páscoa neste feriado.

Inove na comemoração de Páscoa em Famílias

 

 

05 abr

Quais as vantagens da Arquitetura Sustentável?

Quais as vantagens da Arquitetura Sustentável?

E se além de ter mais conforto dentro de casa, você ainda economizasse e ajudasse o meio ambiente? Com projetos cada vez mais integrados e funcionais, a arquitetura sustentável já não é mais uma tendência do futuro, mas uma demanda da atualidade!

Quais os benefícios da Arquitetura Sustentável?

Apesar de muitos ainda associarem a arquitetura sustentável com áreas verdes e belos jardins, o conceito é muito mais amplo e envolve desde o projeto funcional até na escolha dos materiais utilizados nas construções, com um estilo de vida com menos desperdícios. 

Essa preocupação é uma urgência, uma vez que dados da Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP), indica que o setor da construção é responsável por 50% dos entulhos gerados diariamente na cidade de São Paulo, o que reflete na necessidade do setor em buscar novas soluções.

Entre as vantagens, a arquitetura sustentável pode trazer novas reflexões em diferentes momentos das construções: 

  • Projetos integrados: ao invés de alterar a paisagem e topografia da região, a arquitetura sustentável propõe adequar as edificações ao solo e vegetação do local, mais integrado à paisagem. Na prática, isso significa aproveitar os aclives, declives e até as árvores que já estão nos terrenos. 

  • Bem-estar térmico: construções que esquentam ou esfriam necessitam de um alto custo energético para o condicionamento térmico. Entender o clima do local é essencial para buscar projetos e materiais que minimizem o consumo de energia, com valorização da ventilação e iluminação natural. Pelas alterações climáticas e cenários mais extremos, estima-se que a quantidade de ar-condicionado deverá triplicar até 2050.

  • Economia de Energia: além de aquecer a água, utilizar a energia solar fotovoltaica tem a possibilidade também de injetar o excedente na rede pública, o que reduz o consumo energético e se tornou uma solução em épocas de crises hídricas, que resultam no aumento do preço da energia.

  • Materiais Escolhidos: a escolha dos materiais na construção também é importante na arquitetura sustentável, com a preferência de materiais locais, reduzindo os gastos com a fabricação e o transporte. Ao invés de materiais prejudiciais ao meio ambiente, como o plástico, a arquitetura aproveita elementos naturais, que podem ser absorvidos, como madeira, pedras, troncos, entre outros. 

  • Coleta das águas pluviais: sistemas de captação podem coletar e utilizar a água da chuva para lavar os carros ou para regar as plantas de casa, sem prejuízos ao meio ambiente ou aumento das despesas domésticas.

  • Redução de Resíduos: reclamação constante nas construções, o desperdício de materiais é um problema que pode ser alterado com a arquitetura sustentável, valorizando a reciclagem e o uso dos materiais em diferentes situações. 

Arquitetura Sustentável é durável e valorizar o bem-estar 

Além do projeto e construção, a arquitetura sustentável valoriza ambientes que não precisam de manutenção constante, ou que sejam substituídos em uma próxima tendência. A durabilidade, portanto, é mais importante que a estética.

A escolha do bairro ou residencial também é importante, com a valorização das áreas verdes e a proximidade dos comércios, que reduz a necessidade de deslocamentos em transportes poluentes, uma das tendências da Cidade de 15 minutos. 

Arquitetura Sustentável no Swiss Park Campinas

Há muitos empreendimentos imobiliários que usam o termo ‘sustentável’ apenas para campanhas de divulgação, uma vez que o tema traz vantagens competitivas no mercado. No Swiss Park Campinas, a preocupação ambiental não é apenas um conceito, mas está refletida no Parque Botânico de 500 mil m² com trilhas, lagos e belezas naturais.

Entre as construções no complexo, a edição 83 da Revista Swiss Park trouxe na matéria ‘Solução: Sustentabilidade’ as recomendações para projetos que aproveitam melhor a iluminação e a ventilação natural. Além da questão ambiental, a matéria também traz depoimentos de moradores que se preocuparam com projetos mais focados em sustentabilidade, para evitar os desperdícios durante as obras e a escolha de profissionais que não descartam materiais durante a construção.

Dessa forma, muito além de um belo jardim ou um ambiente decorado, a arquitetura sustentável propõe novos materiais durante as construções, a valorização da mão de obra local, os comércios próximos de casa e atitudes de consumo consciente. Muito além de uma tendência, viver com mais bem-estar e sustentabilidade é um posicionamento, para todos os momentos. 

08 fev

Xô bagunça! Dicas de organização de Marie Kondo

Xô bagunça! Dicas de organização de Marie Kondo

Já teve a sensação de que, por mais que você se esforce, sua casa está sempre bagunçada? Itens esquecidos pelas gavetas? Roupas perdidas pelo armário? Calma! A situação é tão comum que o livro ‘A mágica da arrumação’ (Editora Sextante | 2015) de Marie Kondo se tornou um sucesso!

Como organizar a casa com as dicas de Marie Kondo?

A ‘guru da organização’ nasceu em Tóquio (Japão) e desde criança era encantada por revistas de decoração e dicas domésticas. Marie reforça que culturalmente há tradições japonesas de faxinas periódicas, que estimularam que desde jovem ela testasse vários métodos para manter os cômodos mais organizados. 

Hoje, autora de best-sellers sobre o tema, apresentadora de sucesso nas plataformas de streamings e praticamente um ícone pop, Marie Kondo foi nomeada uma das 100 pessoas mais influentes pela Times por ter criado um método de organização doméstica que mescla feng shui, cultura oriental e alguns conselhos inspiracionais.


Qual o diferencial do método KonMari?
Nos livros, Marie Kondo promete um método de organização que ‘pode mudar a sua vida’, o KonMari. O destaque é que, seguindo o passo a passo, a bagunça não retornaria aos ambientes. “Ter uma casa bem arrumada influencia positivamente todos os aspectos da vida – inclusive o trabalho e as relações familiares”, indica Marie Kondo em ‘A mágica da arrumação’. 

Um dos diferenciais do método KonMari é realizar a organização por categorias e não pelos cômodos. Assim, ao invés de arrumar o quarto ou a cozinha, a sequência de itens organizados deve ser: roupas, livros, papéis (dos boletos aos contratos), komono (itens diversos, como cozinha e banheiro) e, por fim, os itens de valor sentimental (como as fotografias, presentes e lembranças de viagens).

A cada categoria, você colocará todos os itens reunidos no mesmo cômodo, para ter a noção exata da quantidade de peças e realizará o descarte de tudo que não te ‘trouxer felicidade’. A proposta do KonMari, portanto, não é apenas organizar, mas descartar itens que não são mais utilizados, saíram da moda ou não despertam boas sensações. 

Outra dica do KonMari é diferenciar a organização da faxina. É comum querer arrumar e limpar os cômodos ao mesmo tempo, o que, segundo Marie Kondo, desvia o foco do processo de avaliar cada item com atenção. A faxina será um processo recorrente (semanal, por exemplo), enquanto a organização será uma prática frequente.


Como manter a organização da Marie Kondo em casa?
“Ao experimentar a sensação de ter a casa completamente arrumada no verdadeiro sentido de expressão, você nunca mais vai querer voltar à bagunça, e a força desse sentimento fará com que mantenha tudo em ordem”, explica Marie Kondo em ‘Isso me traz Alegria’ (Editora Sextante | 2016). 

Além de avaliar os itens e descartar aqueles que não estão em uso, Marie Kondo reforça o hábito de devolver as peças aos locais logo após o uso, para evitar aqueles itens perdidos pela casa que vão se acumulando no decorrer da semana. 

Em entrevista ao Estadão, porém, Marie Kondo reforça que não é possível forçar que filhos, parentes ou parceiros se comprometam também com a organização. “A arrumação depende de valores pessoais ligados ao modo como cada um deseja viver”, indica Marie Kondo em ‘A mágica da arrumação’.


Os arrependidos da Marie Kondo:
A organização metódica de Marie Kondo ganhou ainda mais adeptos durante a pandemia, já que muitas pessoas passaram a trabalhar e se entreter sem sair de casa. Apesar da vantagem de seguir um ‘método’, já há depoimentos on-line dos ‘arrependidos’ do KonMari, que se empolgaram no descarte dos objetos e depois sentiram falta de alguns itens. 

Além disso, na realidade brasileira, nem sempre os itens descartados serão facilmente substituídos, por isso, considere a diferença cultural ao aplicar as dicas da ‘guru da organização’. Dessa forma, vale a dica: aproveite o método de organização da Marie Kondo sem radicalismos. Afinal, o processo de organizar a casa deve ser também prazeroso. 

Gostou das sugestões de organização da Marie Kondo? Nos ajude a compartilhar essas dicas 🔽

25 jan

Como preparar a sua casa para os pets?

Como preparar a sua casa para os pets?

Se em décadas passadas o espaço dos pets era para fora de casa, hoje eles se tornaram parte da rotina das famílias, com muito mais conforto e itens exclusivos para os amigos de quatro patas. Quer saber como preparar a casa para os pets? Confira as dicas! 🐕

Como preparar a casa para os pets? 

O isolamento decorrente da pandemia do coronavírus fez com que muitas famílias adotassem um novo animalzinho para dentro de casa, com um aumento de 30% no número de pets em lares brasileiros, de acordo com a pesquisa Radar Pet 2021. Outra mudança foi que os gatos foram mais adotados que os cachorros e deverão se tornar os pets predominantes no Brasil, por atrair um público mais jovem e demandar menos espaço. 

Caso seja o seu caso ou esteja pensando em adotar um pet, alguns cuidados na decoração e organização dos ambientes são importantes em preparar a casa para os pets. 

Organizando os espaços:
Selecione os ambientes que serão exclusivos para o novo pet. Especialistas indicam que, diferente do senso comum, os brinquedos, caminhas, potes de ração e tapete higiênico (ou caixa de areia para os gatos), não devem ficar todos no mesmo ambiente. Separar os momentos ajudará no adestramento e cumprimento da rotina. 

Criando uma Rotina:
Falando em rotina, assim como nós, é importante para o conforto dos pets ter uma rotina saudável. A indicação é oferecer a ração nos momentos de refeição da casa e não ceder pelos apelos de lanches fora do horário. Para os cães, mesmo que sua casa tenha espaço ou um quintal, é importante incluir na rotina os passeios para caminhadas, mesmo que seja por 10 ou 15 minutinhos. 

Decoração não é brinquedo
Problema frequente em preparar a casa para os pets, no primeiro momento é normal que os filhotes não saibam distinguir o que é decoração e o que é brinquedo, por isso, é melhor guardar os itens mais delicados e apostar em brinquedos específicos para que eles possam gastar energia e se distrair. 

Um ambiente pobre de estímulo é um convite para que eles comecem a estragar o que não podem. Por isso, vá adaptando os brinquedos com o crescimento do pet, oferecendo novos desafios. 

Plantas e itens tóxicos
Há plantas que são seguras para cães e gatos, algumas delas, inclusive podem ser ingeridas pelos animais. É importante também redobrar a atenção com remédios, produtos de limpeza, cosméticos ou outros itens que possam ser ingeridos pelos pets num momento de distração. 

Gatificação
Os felinos precisam de algumas instruções especiais quando preparar a casa para os pets. Além das telas de proteção em janelas, varandas e muros (que evitam que os gatos saiam para a rua), os arranhadores entretêm os gatos e estimulam o alongamento. 

Na decoração, evite almofadas, tapetes, mantas ou cortinas com texturas e rendas que são fáceis para as garras enroscarem. Prefira tecidos que sejam fáceis de limpar e com durabilidade maior. 

Para quem deseja investir em preparar a casa para os pets, ‘gatificar’ os ambientes incluem prateleiras e nichos para que os felinos possam explorar a casa e ficar em locais mais altos, com a sensação de abrigo. Há cada vez mais projetos diferenciados, integrados à decoração. 

Gostou das indicações? Nos ajude a compartilhar esse conteúdo, clique abaixo 🔽