16 ago

Como organizar seus livros?

Como organizar seus livros?

Se um dos seus passatempos preferidos é a leitura, com certeza deve ter um cantinho com livros em casa, certo?  Nem sempre organizar os livros é uma tarefa fácil e o resultado podem ser livros espalhados pela casa ou pelo cômodo, com a sensação de desordem. 

Especialmente com o aumento das videochamadas pelo estudo e trabalho em casa, muitos começaram a se preocupar como organizar os livros na decoração, uma vez que a estante de livros se tornou o ponto preferido para transmissões on-line de artistas e jornalistas. A tendência rendeu até uma situação inusitada, quando durante uma videochamada um desembargador derrubou o fundo falso da biblioteca que utilizava como cenário. 

Se você deseja ter aquela estante digna de fotos sem precisar de fundo fake, se liga nas dicas para ajeitar os livros.

Organizar os livros exige paciência 

Organizar os livros exige paciência para que o efeito não seja o oposto, com os livros amontoados. Não há uma regra, mas a indicação é separá-los de acordo com a funcionalidade, deixando na altura dos olhos aquelas obras mais requisitadas (como livros da sua profissão, estudos ou biografias), enquanto as prateleiras mais altas podem exibir as coleções e livros que já foram lidos. 

Reprodução/Pinterest


Reprodução/Pinterest

Na hora de organizar os livros, pode separá-los como achar melhor para localizar as obras, seja por tamanho, cor, autor ou mesmo gênero literário. Uma sugestão para deixar a decoração mais interessante é intercalar livros na vertical com outros na horizontal, o que ajuda a dar mais destaque em algumas obras. 

Como indicado na decoração afetiva, além dos livros, as estantes e prateleiras podem trazer também boas lembranças para os moradores, como itens de viagens, porta retratos, vasinhos de plantas, presentes… Só é recomendado que os itens não prejudiquem o acesso aos livros. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Apesar do escritório/home office ser o local mais associado com os livros, você pode também incluí-los na sala de estar, corredores, quartos ou até aproveitar espaços que não são tão comuns, como embaixo da escada, sob a cama ou até em cantinhos dos ambientes, em aparadores ou carrinhos. Organizar os livros, inclusive, pode ajudar a criar uma separação entre ambientes integrados. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Indicações para o cuidado com os livros:

▪  Além da limpeza frequente do ambiente, recomenda-se semestralmente (ou anualmente, no máximo), retirar todos os livros para limpeza, um a um.
▪  Procure manter os livros na horizontal ou na vertical. Livros inclinados se deformam com o passar do tempo.
▪  Evite grandes pilhas de livros, já que o peso pode modificar a estrutura dos menores.
▪  Evite a incidência de Sol direto sobre eles, já que as capas ficarão desbotadas rapidamente. Por outro lado, ambientes mal ventilados e iluminados podem prejudicar e amarelar as folhas.

Desapego também faz parte!

Uma das indicações mais polêmicas para organização do método de Marie Kondo é justamente manter no máximo 30 livros dentro de casa, o que é considerado pouco para quem adora aproveitar as livrarias. A indicação, entretanto, é um exercício constante para descartar aqueles livros que já foram lidos, estão obsoletos ou foram comprados por impulso.

Desapegar de algumas obras é uma maneira de abrir espaço para novas leituras, além disso, há opções de livros on-line para quem deseja manter centenas de livros arquivados sempre disponíveis para consulta. Afinal, além de bonita, a coleção de livros deve ser funcional, com obras que nos ajudam a refletir, aprender ou lembrar bons momentos.

Gostou dessas sugestões de decoração? Envie suas fotos e sugestões de decoração com a #swisspark, vamos adorar acompanhar. Bimestralmente há dicas para curtir opções no complexo na revista Swiss Park.

09 ago

Visite o Pet Place no Swiss Park Campinas

Visite o Pet Place no Swiss Park Campinas

Já considerado como um dos diferenciais no mercado imobiliário, os espaços projetados para o lazer dos cachorros estão se tornando cada vez mais frequentes nas grandes cidades, para a segurança e o bom convívio também dos tutores. Novidade no Parque Botânico, o pet place no Swiss Park Campinas segue essa tendência, com uma nova opção de passeio para seu melhor amigo de quatro patas.

Pet Place se torna diferencial no pós-pandemia

A preocupação com os pets no mercado imobiliário faz sentido: o Brasil se tornou a segunda maior população de pets do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. São mais de 54,2 milhões de cachorros e 23,9 milhões de gatos segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação – Abinpet. De acordo com a estimativa do IBGE, há mais animais de estimação que crianças no país.

Apesar de setores da economia em crise, o nicho de produtos e serviços voltados aos pets também segue em ascensão, já que após a pandemia mais lares brasileiros estão com pets. A expectativa é que em 2022 os brasileiros gastem cerca de R$ 58,9 bilhões, um crescimento anual de 14% de acordo com projeções do Instituto Pet Brasil (IPB).

Vantagens dos Pet Places

Se antes cachorros e gatos eram raridade nos condomínios verticais ou residenciais, hoje eles fazem parte da rotina dos empreendimentos imobiliários, com a necessidade de haver espaços para o convívio dos animais, o pet place.

Afinal, com rotinas atribuladas nem sempre é possível levar os cachorros para passear diariamente e muitos tutores não gostam de caminhar pelas calçadas, seja pelo uso constante de coleira (que restringe os movimentos dos animais) e também pelo risco, já que pode haver a fuga do animal ou mesmo relatos de pets roubados durante os passeios.

O pet place, dessa forma, é uma opção para deixar os cachorros se divertirem sem coleiras, em um espaço reservado e seguro, sem o perigo de fugirem. O espaço reservado normalmente é cercado, para evitar que os cachorros escapem e conta com gramado, arcos, túneis, rampas e brinquedos para eles se exercitarem.

Mesmo que a casa ou apartamento seja espaçoso, as atividades com os cachorros são importantes para evitar o estresse e o sobrepeso nos animais, já que pets com muita energia acumulada tendem a latir mais, o que pode gerar incômodo entre os moradores.

Além das vantagens para os cachorros, há benefícios também para os tutores, como socializar com outros vizinhos que também são apaixonados por animais, trocando indicações de produtos, veterinários, pet shops, locais pet friendly ou mesmo regras de convívio da vizinhança.

Pet Place é nova área no Parque Botânico

Inaugurado em 2022, o Pet Place é a nova área do Parque Botânico para quem adora passeios ao ar livre com os cachorros. No parque já era comum ver tutores com os amigos de quatro patas e a novidade agradou os visitantes.

O Pet Place no Swiss Park Campinas está ao lado do Lago Pulmão, na frente do Residencial Zurich, com acesso gratuito aos moradores e visitantes, aguardando sua visita.

⚠ Como não há bebedouros e banheiros ao redor dos lagos, indicamos que o visitante leve a própria garrafa d’água ao passeio. Há banheiro e bebedouros na sede social do parque. 

⚠ Fora do Pet Place, recomendamos que os cachorros utilizem coleiras e não saiam das faixas de trilhas sinalizadas pelo Parque, já que há animais silvestres no local. 

26 jul

Ideias para montar seu home bar

Ideias para montar seu home bar

Sucesso de décadas passadas, as ideias para home bar voltaram ao centro dos ambientes sociais dentro de casa, com novas opções e tamanhos, tanto para relaxar quanto para receber os convidados. Confira! 

Ideias para seu home bar: relaxe sem sair de casa   

Cena clássica dos filmes da era de ouro de Hollywood, a preparação de drinks em casa era associada com o galanteio e a sofisticação. Com os efeitos da Lei Seca, o hábito de receber convidados na residência para preparar drinques se tornou mais frequente, o que estimulou a criação de home bar dentro de casa e uma nova cultura de cocktails nos Estados Unidos. 

No Brasil, a tendência expandiu nos anos 50, com revistas que traziam indicações como servir convidados em casa, com indicações para cocktails, termo que se tornou referência de eventos informais, em que são servidos drinques e petiscos para convidados. Inspirado no american way of life, o home bar foi referência de modernidade e sofisticação. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Depois de cair em desuso nas últimas décadas, o home bar voltou em destaque nas decorações com os efeitos da pandemia, quando muitos bares e restaurantes passaram meses fechados. Longe dos móveis pesados e cheios de detalhes das décadas passadas, porém, as ideias de home bar estão atualizadas, aproveitando bem os espaços com diferentes modelos, que vão dos móveis planejados aos charmosos carrinhos. 

Qual o estilo do seu home bar?  

A ideia do home bar é valorizar os encontros sociais de quem gosta de preparar drinques, recepcionar os convidados ou mesmo relaxar no tempo livre.  

A principal escolha é escolher o local onde será montado seu home bar. Ao contrário de décadas passadas, não é necessário separar um espaço exclusivo para ele, que pode ser montado também na divisão da cozinha, na sala de jantar, na sala de estar, embaixo da escada ou até mesmo na área de lazer, na varanda ou churrasqueira, por exemplo. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

É importante que o home bar valorize a rotina dos moradores e siga o estilo da sua decoração. Nem sempre deixar o bar em destaque na sala de estar será a melhor opção, caso o ambiente seja muito clean, por exemplo. 

Há também itens de decoração que podem agregar mais charme ao seu home bar, como quadros, pôsteres, vasinhos de plantas, luminárias, livros sobre drinks e até letreiros neon, que estão em alta na decoração das áreas de lazer. 

O que colocar no seu home bar?  

Com o espaço escolhido e o estilo definido, chegou a hora de escolher as bebidas que mais te agradam. Caso não tenha muita ideia do que colocar no home bar, uma sugestão é buscar opções mais versáteis, que podem criar uma variedade de drinks, como vodka, rum, cachaça e licores. A bebida do momento é o gin, que impressiona pela variedade de opções de misturas.

Além das bebidas, seu home bar pode trazer itens como taças de vinhos, copos de cervejas, taças para cocktails, saca-rolha, abridor de garrafas, petisqueira, balde de gelo, coqueteleira e os frascos de temperos para gin, por exemplo. Dependendo do espaço e uso, você pode até investir em uma adega e um frigobar para deixar suas bebidas na temperatura ideal antes de servi-las. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Gostou das inspirações para montar seu home bar? Envie suas fotos e sugestões de decoração com a #swisspark, vamos adorar acompanhar. Bimestralmente há dicas de decoração na revista Swiss Park, para inspirar ambientes cada vez mais elegantes. 

05 jul

O que servir em um brunch?

O que servir em um brunch?

Prático e sofisticado, o brunch está conquistando cada vez mais fãs nas grandes cidades, especialmente nos encontros informais entre amigos e familiares que querem aproveitar ainda mais o tempo livre, seja dentro ou fora de casa. Se você quer saber o que servir em um brunch, confira algumas dicas práticas! 

Afinal, o que é brunch? 

Nos últimos anos o brunch se tornou uma tendência gastronômica em diversos países, especialmente nos finais de semana e feriados, quando as pessoas normalmente acordam mais tarde. Já há diversas padarias e restaurantes que oferecem essa opção no menu entre o café da manhã e o almoço, um horário que tradicionalmente não havia tanta demanda de público. 

O termo brunch é a fusão entre breakfast (café) e lunch (almoço), um costume que se iniciou com os britânicos no final do século XIX, mas que ganhou popularidade nos Estados Unidos, especialmente nas grandes metrópoles como Nova Iorque.

brunch o que servir
prepare um brunch em casa

De forma geral, o brunch é uma opção de refeição mais indicada quando as pessoas estão sem horários fixos, servido entre 10h às 15h, um pouco mais elaborado que um café da manhã, mas não tão pesado quanto um almoço tradicional, praticamente substituindo as duas refeições. 

O que servir em um brunch? 

Para quem está em dúvida sobre o que servir em um brunch é importante que haja uma variedade suficiente para ir além do básico ‘pão com manteiga’, mas sem um prato mais pesado de almoço, como massas ou carnes assadas. 

Pense em opções que possam ser partilhadas e apreciadas na informalidade, pouco a pouco, como pães, frios, queijos, patês, torradas, canapés, empadões, tortas, quiches… Clássicos do brunch, os ovos podem ser servidos como omeletes, mexidos ou no tradicional ovos Benedict (Beneditinos), combinação de ovos poché, finas camadas de carne defumada (como bacon ou salmão), pão tostado e cobertura de creme hollandaise

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Entre as bebidas do brunch, além do indispensável café preto e opções com café, inclua os sucos frescos, chás gelados e a água aromatizada. Dependendo dos convidados e horário é possível também servir também drinks mais refrescantes, como o Mimosa, mistura fácil de preparar, com suco de laranja e espumante. Incluir opções de espumantes e vinhos gelados também pode deixar seu encontro mais sofisticado.  

Há inúmeras opções também de sobremesas para incluir no seu brunch, como saladas de frutas, panquecas americanas, cereais, iogurtes, geleias, tortas, bolos e mousses… 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Decoração cheia de charme para seu brunch 

Na hora de arrumar o brunch, aproveite para trazer detalhes cheios de charme. Não tenha medo de expor as melhores peças combinadas, com pratos, jarras e guardanapos de tecido. Para quem gosta de decoração, confira nossas dicas de mesa posta para iniciantes. Por ser uma refeição mais informal, nem é necessário tantas peças, mas trazer cores claras, alegres e estampas florais. 

Curtiu essas sugestões sobre o que servir em um brunch? Caso inclua essa refeição no seu tempo livre, envie sua foto com a #swisspark, vamos adorar acompanhar esses ótimos momentos! 

31 maio

Surpreenda com novas ideias para o Dia dos Namorados!

Surpreenda com novas ideias para o Dia dos Namorados!

A data mais romântica do ano merece uma celebração especial! Para os apaixonados de todas as idades, separamos algumas ideias para o Dia dos Namorados para sair da rotina e tornar a celebração ainda mais memorável, sejam namorados, noivos ou casados. Confira! 🥰

Ideias para o Dia dos Namorados fora da rotina:

Diferente de outros países que celebram o dia de São Valentim em 14 de fevereiro, no Brasil o dia dos namorados é celebrado em 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro. Para o comércio e serviços, a data é aguardada pelo fluxo intenso de casais que desejam marcar a celebração. 

A data, entretanto, por ir além da troca dos presentes, com momentos bem especiais:

▪ Refeição especial, com toque de romantismo! 

Ir até um restaurante nesta data é bem tradicional, mas é necessário ter paciência para enfrentar estacionamentos cheios, filas e locais lotados. Entre as ideias para o Dia dos Namorados, uma sugestão é preparar uma receita especial em casal, o que garante que o prato servido seja cheio de sabor e significado. Aproveite o clima mais fresco do outono para abrir um vinho, preparar uma massa ou mesmo um fondue. Mesmo que você não seja experiente na cozinha, pode apostar em sugestões rápidas, como aperitivos e brusquetas, por exemplo.  Comer é um grande prazer e quando preparado com carinho se torna ainda mais especial.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

▪ Pequenas surpresas! 

Apesar de parecer simples, entre as ideias para o Dia dos Namorados, estão pequenas surpresas personalizadas, com o bilhete escrito à mão, mural de fotos do casal, uma caixinha de lembranças… Mesmo que você não seja muito bom com as palavras ou com habilidades manuais, não tem problema, seja bem sincero e demonstre a intenção de sair da rotina.

Reprodução/Pinterest

Que tal preparar uma playlist com músicas que marcaram encontros, shows, festas ou momentos especiais do casal? Pode fazer uma seleção especial no YouTube ou no aplicativo de música preferido, para deixar rolando durante a celebração.

▪ Decoração especial 

Alguns acessórios trazem muito romantismo ao ambiente, sem nem precisar mudar os itens de casa! As velas criam um clima íntimo e aconchegante, especialmente nos dias mais frios. Abuse dos acessórios vermelhos na hora da refeição, apostando nos detalhes charmosos da mesa posta para iniciantes.

Clássico do dia dos namorados, os arranjos florais também podem ser incluídos na decoração e as rosas são imbatíveis quando falamos de romantismo. Pode abusar também dos corações, uma dose de fofura está mais que liberada. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

▪ Piquenique ao ar livre

Para quem gosta de atividades ao ar livre, há ideias para o Dia dos Namorados muito românticas. Uma sugestão é preparar um dia de parque, com lanches para piquenique, caminhadas, corrida de bicicleta… O ideal é aproveitar o contato com a natureza para relaxar e sair da rotina.  

Em Campinas, há dezenas de casais que aproveitam as belas paisagens do Parque Botânico no Swiss Park para passar o tempo livre e registrar lindas fotos em diferentes momentos, como namoro, noivado, casamento e gestação. Outro ponto muito disputado no Dia dos Namorados é o moinho de vento, que parece um cenário saído dos contos de fadas. 

Que tal visitar e conhecer esses pontos? 

Moinho de Vento | Swiss Park

O importante é ter momentos juntos, com o que mais gostam de fazer. Seja praticando esportes, cozinhando, descobrindo locais novos ou recordando bons momentos.

Curtiu? Se aproveitar alguma dessas sugestões, marque @swisspark ou #swisspark nas redes sociais, vamos adorar compartilhar os melhores cliques! 😉 Ajude a compartilhar, acesse 🔽

24 maio

Verde na decoração: Como fazer um terrário?

Verde na decoração: Como fazer um terrário?

Levar um toque verde para dentro dos ambientes se tornou uma tendência cada vez mais valorizada, especialmente após a pandemia quando muitas famílias ficaram mais dentro de casa e já até compartilhamos algumas dicas de jardinagem para iniciantes. Entre as opções para levar plantas para ambientes internos, como salas, cozinha ou escritórios, cada vez mais pessoas buscam como fazer um terrário, com resultados bem personalizados. 

Quais as vantagens de fazer um terrário? 

Terrários são práticos e podem decorar a sala de estar, escritórios, banheiros e até a cozinha, seja qual for o tamanho do ambiente. Ideais para quem sempre acredita que ‘cabe um pouco de verde’ nos espaços. 

Uma das vantagens dos terrários é justamente a praticidade e a personalização, uma vez que você pode escolher diferentes formatos de vidros, entre aquários, potes, taças, copos ou jarras, por exemplo. 

Para regá-lo, é necessário cuidado, já que a estrutura é frágil. Você pode utilizar seringas ou borrifadores para molhar direto a terra, evitando que a água se acumule e tenha contato com o caule e as folhas, já que as espécies são delicadas.

Se o terrário for fechado com tampa, exigirá ainda menos trabalho, já que precisará ser aguado só uma vez, durante a montagem. Com o frasco bem fechado a água evapora e irriga naturalmente as plantas, sucessivamente. Por ser muito prático, pode ser indicado especialmente para escritórios ou para as rotinas mais agitadas, de quem nem sempre está em casa. 

Reprodução/Pinterest

Como montar um terrário personalizado?

Há várias indicações e instruções sobre como fazer um terrário, de maneira geral, é importante montar camadas que sejam bem visíveis. Acomode as pedrinhas no fundo do seu recipiente, coloque a camada de areia e por cima a terra vegetal. Retire as plantas dos vasos originais e plante-as onde desejar dentro da estrutura. 

As plantas mais recomendadas para os terrários são os cactos e as suculentas, mas nada impede que se usem outras espécies indicadas. Atenção, porém, para a mistura de plantas, uma vez que uma delas pode acabar morrendo após um tempo, já que biologicamente a necessidade de água pode ser diferente entre elas. 

Reprodução/Pinterest

Decoração Temática: 

Uma das partes mais legais dos terrários é que a sua tematização pode ser feita do jeitinho que você quiser! Pode trazer dentro dele miniaturas de figuras religiosas, colecionáveis geeks ou a decoração de aquário, como casinhas, castelos etc.

Reprodução/Pinterest

Uma sugestão para a decoração do ambiente também é misturar diferentes tamanhos de terrários no mesmo cantinho, com variados tamanhos ou espécies. Na escolha do local, escolha ambientes que não tenham exposição direta ao sol, para evitar superaquecimento da pequena estufa. 

Reprodução/Pinterest

Gostou das sugestões de como montar o terrário? Ajude a compartilhar, acesse 🔽