17 nov

O que é cloffice? Sugestões para o home office mais organizado

O que é cloffice? Sugestões para o home office mais organizado

Com as novas rotinas de trabalho e estudo em casa, muitas pessoas tiveram que improvisar um cantinho em casa para essa finalidade. Não por acaso, pesquisas sobre o que é cloffice aumentaram nos últimos tempos, oferecendo uma opção confortável e mais organizada para o dia a dia.   

Buscas sobre o que é cloffice aumentam.

Os ambientes integrados se tornaram preferência nos imóveis, porém, nas atividades de trabalho, um espaço mais privado pode ser importante na rotina corporativa. O cloffice é um conceito que ganhou força justamente por propor um espaço de trabalho compacto, confortável e bem delimitado.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Junção das palavras inglesas closet + office, a principal vantagem do cloffice é manter os itens de trabalho reunidos e organizados. Por não demandar muito espaço, como um escritório, o projeto pode ser planejado aproveitando corredores, cantos de salas, quartos ou até embaixo da escada. 

Entre as recomendações do cloffice, além da escolha de móveis confortáveis, está a preocupação com a iluminação e ventilação, com a preferência de ambientes mais próximos às janelas.

Reprodução/Pinterest

Para otimizar o espaço, nichos, prateleiras e gaveteiros são peças fundamentais no cloffice e, se o projeto for planejado, há a opção de incluir portas para deixar o ambiente mais privativo e organizado. Depois do trabalho, é só fechar as portas, sem atrapalhar a rotina de casa. 

Na decoração, há quem prefira o espaço neutro, para não desviar a atenção do restante do cômodo, mas é possível transformar o cloffice em um charmoso espaço de trabalho, com a pintura ou o uso de papel de parede. Uma sugestão é trazer elementos afetivos, como fotos e pequenos itens de viagens, para criar um espaço confortável.

Reprodução/Pinterest

Gostou da ideia do cloffice? Se inspirou em algum deles para a construção ou decoração da sua casa?

Sonhando em construir e decorar a casa do seu jeito? Aproveite as últimas oportunidades de viver bem também em Brasília e Manaus com os empreendimentos da Swiss Park. Agende sua visita pelo WhatsApp e venha conhecer. 

Ajude a compartilhar essas inspirações de conteúdo, clique nos ícones abaixo.

11 out

Novas tendências na decoração para os millennials

Novas tendências na decoração para os millennials

A geração Y está conquistando o mercado de trabalho e a decoração para os millennials, claro, reflete as quebras de padrões, a busca da identidade e os valores desse grupo que deseja ambientes originais e mais sustentáveis.  

Quem são os millennials?

Nascidos entre o começo dos anos 80 aos meados dos 90, os millennials foram marcados como a geração que vivenciou a transição do analógico para o digital, com a introdução das tecnologias e da internet na rotina. 

Hoje entre 25 a 40 anos, eles representam a maior parcela da população brasileira (34%) e já são cerca de 50% da força de trabalho, como indica a pesquisa do  Itaú BBA em 2019.  

Definidos como ‘cringe’ (algo vergonhoso) pelas gerações mais novas, os millennials também ficaram associados como uma geração que demora mais para sair da casa dos pais, normalmente após os 30 anos. Até programas habitacionais populares indicam que a faixa etária saltou de 25 para 35 anos nos últimos anos, de acordo com o Dastore. 

Apesar disso, no Brasil, 89% dos jovens ainda acreditam ser muito importante ter a casa própria, enquanto internacionalmente essa porcentagem não passa de 40%, como indica o Itaú BBA, reforçando o ideal de buscar um espaço com identidade própria. 

Diferente da casa dos pais: como é a decoração para os millennials

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Na busca de imóveis ou na construção, a decoração para os millennials prefere ambientes integrados, com a cozinha mais ampla, ligada à sala. A prioridade são ambientes confortáveis, com bom espaço para a circulação. 

Nada de várias salinhas apinhadas de objetos sem função. A palavra-chave é ‘adaptabilidade’, com móveis muito bem escolhidos, em que ‘menos é mais’. A decoração para os millennials deve ter uma utilidade além da estética, com móveis que tornem o dia a dia mais prático. 

Pais de Plantas 


Reprodução/Pinterest

Reprodução/Pinterest

Os millennials não estão preocupados em formar família tão cedo: a pesquisa da consultoria Spectrem indicou que a geração que hoje está entre 24 a 38 anos prefere viajar e ter sucesso financeiro antes do planejamento familiar. Logo, os cuidados com pets e plantas assumem esse espaço dentro de casa. 

Na decoração para os millennials, o resgate com o contato com a natureza é essencial. Na tendência urban jungle, as casas da geração Y quase sempre terão uma hortinha, pequenas mudas frutíferas, cactos, espada de são jorge, samambaias, ervas medicinais e as populares suculentas, deixando os ambientes bem mais verdes.  

Reforço das boas lembranças

Reprodução/Pinterest

Reprodução/Pinterest

Na decoração para os millennials, as boas lembranças e os hobbies são elementos importantes, que trazem a sensação de conforto e estabilidade aos ambientes. O Pinterest indica que a busca por ‘decoração de casa dos anos 2000’ cresceu 30 vezes neste ano, o que demonstra a nostalgia de décadas passadas entre os jovens.

A personalidade dos moradores pode ser expressa por quadros, porta-retratos, prateleiras, coleções e itens pessoais, que reforcem essas boas memórias. Essa proposta, inclusive, é a base da decoração afetiva. 

Preocupação com a sustentabilidade

Reprodução/Pinterest

Reprodução/ Pinterest

Toda a decoração para os millennials, ao fim, tem uma preocupação com a sustentabilidade, com a proposta de um consumo mais consciente. De acordo com a Opinion Box, 62% dos consumidores brasileiros já preferem pagar mais caro por produtos naturais, que agridam menos o meio ambiente.

Esse valor pode ser expresso em itens artesanais, objetos customizados, na busca por tutoriais ‘faça você mesmo’, restauração de móveis, itens de revenda e até mesmo na preocupação com a ventilação e iluminação natural dos ambientes. 

Gostou das inspirações? Se identificou? Que tal mandar foto do antes e depois nas redes sociais com a hashtag #swisspark? Vamos adorar compartilhar as melhores decoração para os millennials!

28 set

Como planejar um quarto de criança duradouro?

Como planejar um quarto de criança duradouro?

Aos poucos, os ursinhos de pelúcia dão espaço para os personagens dos desenhos, que depois serão substituídos pelos ícones dos esportes, da música ou do cinema… Planejar um quarto das crianças duradouro, que acompanhe as diferentes fases e desejos dos seus filhos é possível, com dicas fáceis de aplicar. 

Por que planejar um quarto das crianças atemporal? 

Imagine a cena: o adolescente chega em casa com os amigos e no quarto dele estão móveis e estampas com personagens infantis, situação que pode causar constrangimento por não mais condizer com aquela fase da vida. É por isso que planejar o quarto das crianças mais duradouro ajuda a acompanhar cada momento da vida e expressar os desejos e necessidades de cada um. 

O poder dos acessórios:
Assim, ao invés de um móvel temático ou um papel de parede com uma estampa infantil no quarto das crianças, podemos trazer o universo lúdico com as roupas de cama, almofadas, tapetes, itens de decoração e até adesivos de parede, que são mais fáceis de substituir com o tempo. No lugar de uma poltrona com estampa infantil, prefira almofadas com personagens sobre uma poltrona de cor neutra, por exemplo. 

Reprodução | Pinterest

Nichos e Prateleiras:
Ótimos aliados na decoração e para manter a organização dos ambientes. Se nos primeiros anos eles apresentam os ursinhos e brinquedos no quarto das crianças, com o tempo eles podem organizar os livros, coleções, jogos, fotos… A vantagem é justamente possibilitar a mudança rápida dos acessórios, sendo uma das maneiras mais fáceis de atualizar a decoração. 

Reprodução / Pinterest

Baús:
Outro grande aliado nos quarto das crianças, os baús são ótimos para guardar os brinquedos depois das brincadeiras e, com o tempo, podem guardar também as roupas de cama, acessórios, itens de viagens e objetos menos utilizados no dia a dia. 

Reprodução / Pinterest

Móveis multiuso:
As cômodas que são utilizadas como trocadores de fraldas nos primeiros anos também podem ser planejadas para depois serem usadas como guarda-roupa das crianças. Outro fator que pode contribuir com um quarto das crianças mais durador são móveis multiusos, em cores neutras, com alturas ajustáveis e itens de proteção que podem ser incluídos em cada fase da criança, por exemplo, para evitar quedas. Esse cuidado fará com que as peças se adaptem a diferentes necessidades e ao crescimento da criança.

Quadros e Pôsteres:
Fáceis de trocar em cada fase da criança, os quadros são ótimos para transmitir a personalidade do dono do quarto. Outra solução cada vez mais utilizada é trazer fotos de viagens e momentos marcantes emoldurados, para valorizar as boas histórias e momentos em família, reforçando os valores familiares. 

Reprodução / Pinterest

Gostou das recomendações? Que tal mandar foto do antes e depois nas redes sociais com a hashtag #swisspark? Vamos adorar compartilhar as melhores!

15 jun

Decoração de festa junina em casa!

Decoração de festa junina em casa!

“São João, São João! Acende a fogueira do meu coração”, reconhece a canção? Há ritmos, cores, sabores e aromas que só aparecem nesta época do ano, com deliciosas festas juninas que movimentam famílias e amigos por todo o Brasil! Pesquisas sobre ‘festas juninas em casa’ aumentaram cerca de 500% no Pinterest e seguindo um passo a passo de decoração de festa junina ficará bem fácil curtir o melhor do São João em família, quer ver?

Decoração de festa junina para dentro de casa:

Uma boa decoração de festa junina começa com a preparação e arrumação dos enfeites, um processo que pode ser muito divertido. Para entrar no clima, bandeirinhas são itens quase obrigatórios nos festejos, mas você pode incrementar os espaços também com balões coloridos, chapéus de palha e flâmulas dos santos tradicionais, como Santo Antônio, São João e São Pedro, celebrados em junho. 

⚠ Balões só na decoração, hein? Fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios é um crime ambiental.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Detalhes à mesa
Centro de qualquer festança, a decoração de festa junina pode trazer um toque especial nas mesas, com arranjos de flores (como margaridas ou girassóis), toalhas de mesas com estampas xadrez ou floridas, guardanapos coloridos e elementos de palha, que complementam o visual. Utilize tigelas e pratos de barro para trazer um clima rústico e caipira para dentro de casa. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Quitutes
Sabores especiais de festas juninas são muito tradicionais! Doces não faltam, com arroz doce, canjica, maçã do amor, doce de leite ou doce de abóbora. Com vários derivados de milho, além da espiga, há pipoca, polenta, bolo de fubá, canjica, curau e pamonha. Há também o sabor do amendoim, com amendoim doce, pé de moleque e a paçoca.

Entre os salgados, temos pastéis, sanduíches, cuscuz, pão de queijo e tortas. Delícia, né? Com tantas opções, é só escolher os preferidos e fazer uma decoração de festa junina com os pratos escolhidos.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Brincadeiras
Para quem tem crianças em casa, além da decoração de festa junina e dos quitutes, é possível brincar com jogos de argolas, pescaria, boliche, boca do palhaço ou cabo de guerra, por exemplo. Para reunir toda a família, os bingos são emocionantes e você pode incluir prendas como prêmios. Os passatempos deixam a festa muito mais animada!

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Casa bem decorada e com atividades para todos? Chegou o momento de preparar a playlist com clássicos do forró para agitar os convidados. Não esqueça de marcar @swisspark nas redes sociais, vamos adorar compartilhar os melhores cliques! 📸

Nos empreendimentos da Swiss Park, as famílias podem curtir as festas juninas em segurança. Aproveite as últimas oportunidades de viver bem com os empreendimentos da Swiss Park. Agende sua visita pelo WhatsApp e venha conhecer.

25 maio

Quadros, nichos, fotos… 6 ideias para paredes vazias!

Quadros, nichos, fotos… 6 ideias para paredes vazias!

Paredes de cores neutras são muito valorizadas na decoração. O excesso de paredes vazias, entretanto, pode deixar os ambientes muito impessoais ou frios. Com algumas ideias para paredes vazias, é possível encarar uma parede branca como uma oportunidade de trazer mais estilo para dentro de casa. Quer se inspirar?

Inspire-se nas ideias para paredes vazias:

Quadros e Fotos

Opção mais conhecida para trazer cor aos ambientes, os quadros devem refletir o estilo e gostos dos moradores. Entre as ideias para paredes vazias, essa é uma das mais dinâmicas, já que permite que você troque os quadros sempre que quiser.

Outra sugestão cada vez mais valorizada na decoração é trazer fotos de família emolduradas, com imagens marcantes na história dos moradores, como festas, passeios e viagens. 

Na hora de pregá-los, vale uma dica: atenção ao espaçamento entre os quadros, já que se eles ficarem distantes, o que era para ser moderno pode parecer pouco planejado e dar sensação de vazio.  

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Nichos e prateleiras

Nichos e prateleiras dão muitas possibilidades para organizar e decorar os ambientes. Além das inspirações mais tradicionais, hoje há diferentes modelos geométricos de diferentes materiais que ajudam a decorar também ambientes menos usuais, como corredores e varandas.

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Plantas

Entre as ideias para paredes vazias, destacar o verde nos ambientes está cada vez mais valorizado e é uma das tendências apontadas para o pós-pandemia. Sejam suspensas, nas prateleiras, em nichos ou nos vasos no chão, as plantas trazem a sensação de conforto aos ambientes. Para decoração, há diferentes opções de folhagens, para todos os gostos (ou espaços). 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Espelhos

Truque já bem conhecido na decoração, especialmente para ambientes menos espaçosos, incluir espelhos em locais estratégicos expandem a sensação de amplitude. A facilidade de usar espelhos é que eles combinam com praticamente qualquer estilo de decoração, seja mais clássico ou contemporâneo. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Cestos e pratos

Essa é para quem gosta de ambientes mais aconchegantes, com aquele toque familiar. Usar pratos e cestos são ideias para paredes vazias que trazem o charme de décadas passadas. Não precisa, entretanto, associar com a casa da avó, hoje há opções bem diferentes e atualizadas de decoração.   

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Papel de Parede 

Quem deseja uma mudança mais expressiva nos ambientes, adesivos e papéis de parede são opções práticas que trazem novas texturas e criam efeitos únicos na decoração. É necessário atenção na escolha para que o papel de parede já combine com o restante da decoração, para que ele esteja integrado ao restante do cômodo. 

Reprodução/Pinterest
Reprodução/Pinterest

Está com receio de errar nas ideias para paredes vazias? Uma sugestão é começar com uma paleta de cores mais suaves e, aos poucos, ousar mais na decoração, com algum elemento ou objeto com mais cor. 

Para quem deseja construir o projeto dos sonhos e decorar os ambientes, o Swiss Park Campinas, o Villa Suíça Brasília e o Villa Suíça Manaus estão com as últimas oportunidades de viver com mais espaço e conforto. Fale com nossos corretores pelo WhatsApp ou nos telefones (19) 3738-7050 ou (92) 3028-8114.

19 maio

Construir casas para alugar é um bom negócio?

Construir casas para alugar é um bom negócio?

Nos últimos anos, com a instabilidade do mercado e a queda da taxa Selic no menor patamar histórico, deixar o dinheiro parado não é mais vantagem e muitos investidores começaram a pesquisar se construir casas para alugar é um bom negócio. Se você também está na dúvida, chegou o momento de avaliar seriamente essa opção.  

Construir casas para alugar é um bom negócio no Brasil?

No Brasil, culturalmente, pelo histórico da inflação e as instabilidades do mercado, os imóveis são investimentos mais seguros, que adquirem valor com a passagem do tempo, ao contrário dos automóveis que já perdem valor ao sair da concessionária, por exemplo. A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o SPC indicam que os imóveis são a segunda opção de investimentos preferida no país. 

Sabe aquela antiga crença de ‘quem investe em terra nunca perde’? Para quem não tem familiaridade com investimentos, construir casas para alugar é um bom negócio para garantir uma renda mensal. sem precisar se preocupar com as oscilações de títulos ou ações. Um imóvel só será investimento, entretanto, se você não for morar nele, por isso, é necessário avaliar alguns pontos para tomar a melhor decisão.   

O que avaliar para investir em imóveis?

Enquanto a escolha de um imóvel para morar leva em conta vários fatores emocionais e a rotina da família, escolher um imóvel para investimento, seja residencial ou comercial, deve avaliar critérios mais comerciais. 

Para um bom investimento, é preciso ficar de olho nas demandas do mercado, conhecer as regiões em valorização, buscar os tipos de imóveis que estão em alta e, principalmente, entender as burocracias, contratos e documentações exigidas. Para investimento, algumas regiões que estão em crescimento e ainda não estão tão saturadas podem ser interessantes para a valorização em médio e longo prazo. 

Pense também no perfil do público que você pretende atrair como inquilino: um imóvel para um casal jovem sem filhos é diferente do padrão médio da família brasileira, que na maioria tem dois filhos. A escolha da região e do perfil de inquilino determinará se é mais proveitoso construir uma casa, kitnets, salas comerciais, galpões ou uma casa de veraneio, por exemplo.

Construir casas para alugar é um bom negócio
Construir casas para alugar é um bom negócio?

Existem desvantagens?

Apesar de muitas vantagens, há pontos que devem ser observados quando se avalia se construir casas para alugar é um bom negócio. Imóveis são negócios que se valorizam a médio e longo prazo e podem levar tempo para vender, por isso, o foco no aluguel é vantajoso para quem deseja uma renda extra enquanto o imóvel se valoriza.

É necessário levar em conta também os custos necessários para a manutenção do imóvel, como reparos e reformas. Há também a chamada ‘vacância’, período em que não há inquilinos no seu imóvel e todos os custos, como contas, condomínio e impostos são cobrados do proprietário. Apesar de esporádicas, contar com essas desvantagens é importante no planejamento comercial. 

Para driblar os possíveis problemas, para quem procura saber se construir casas para alugar é um bom negócio, é necessário contar com o conhecimento de profissionais com vivência no segmento, que te indicarão bons negócios, tipos de projetos e áreas que estão em valorização na região. Com suporte e planejamento, construir casas ainda é um investimento seguro, uma herança que só se valoriza com o tempo e mais rentável que deixar o dinheiro parado. 

Com mais de 40 anos de experiência no segmento imobiliário e um portfólio de empreendimentos diferenciados, a Swiss Park Campinas tem opções para quem deseja construir imóveis residenciais ou comerciais para aluguel em regiões de fácil acesso. As últimas oportunidades de investir em Campinas, Brasília e em Manaus nos empreendimentos da incorporadora estão disponíveis. Agende sua visita pelo WhatsApp e venha conhecer.